segunda-feira, 18 de agosto de 2014

[Daniil Harms] sofria de uma espécie de dislexia – nesse estado psíquico, a pessoa não é organicamente capaz de escrever de forma correta com lógica, mesmo com um intelecto absolutamente saudável. Harms transformou isso em princípio criativo e como que afirmou que o erro achado em seu texto é na verdade “estilo” individual. Em outras palavras, pediu que se interpretasse o erro como intenção criativa.

Valéri Sájin, a propósito de Daniil Harms.

Sem comentários:

Arquivo