segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Como?

Fazia muito frio e no azul-escuro do céu cintilava uma infinidade de luzes.
Pécuchet ergueu os olhos. Como? Não estava lá a Ursa Maior.

Gustave Flaubert, Bouvard e Pécuchet. Tradução de Pedro Tamen.

Sem comentários:

Arquivo