quinta-feira, 25 de junho de 2015

Um tremendo segredo

Vai para a cama e ressona, pois não tardarão a entrar no teu quarto aqueles que dormem na rua. Claro que irás fingir não dar pela sua presença. Claro que na manhã seguinte dirás rindo à tua mulher:
- Tive um estranho pesadelo.
Mas no ar permanece o seu hálito e nos teus ouvidos os seus queixumes, e o frémito dos seus corpos no teu corpo. Sabes isso muito bem; todos sabem isso e calam-no. É um tremendo segredo.

Francisco Tario, Equinócio

Próximo sábado, 27 de Junho, 17h00, no Gato Vadio.

1 comentário:

Luis Eme disse...

eu diria, um tremendo pesadelo andar por aí nas ruas.

Arquivo