domingo, 12 de julho de 2015

Dês, efes, agás e jotas

- Uma vez disse-me que o único livro que tinha para ler na prisão era uma metade de um dicionário em inglês. A outra metade tinha sido usada para limpar o rabo. Bom, com um "deleitoso" deve ter lido até aos "dês".
- Sim. Mas também há alguns "efes". Uma vez empregou uma palavra de que não me lembro, que significa "equilibrista".
- Havia "agás"?
- Acho que havia um.
- Suponho que essa metade do dicionário não chegava aos "jotas".

Graham Greene, O capitão e o inimigo. Tradução de Carlota Pracana.

Sem comentários:

Arquivo