domingo, 30 de agosto de 2015

O bigode

1. Andras nunca tinha deixado crescer o bigode.
2. Andras decidiu deixar crescer o bigode.
3. O bigode de Andras começou a crescer.
4. Andras deixou de conseguir dizer certas palavras.
5. O bigode de Andras continuou a crescer.
6. Andras dizia menos palavras.
7. O bigode de Andras crescia para os lados, para cima e para baixo.
8. Às vezes, Andras emitia sons que se assemelhavam a palavras.
9. Todos os dias, o bigode de Andras crescia mais um pouco.
10. Andras esforçava-se por emitir sons que se assemelhassem a palavras.
11. O bigode de Andras era longo e farfalhudo.
12. Andras deixou de falar.
13. O bigode de Andras continuou a crescer.
14.

Sem comentários:

Arquivo